#Cases

Resultados surpreendes conquistados pela Loja da Ruiva ao migrar para a VTEX

Algumas literaturas já preconizam que todo o negócio deve olhar com os olhos de seus clientes (foco no foco do cliente), que basicamente é entender o que ele preconiza para a tomada de decisão, algum possível problema, experiência, valores, etc – com isso, o objetivo é sempre entender qual é REALMENTE a necessidade do seu cliente.

Com a captação dessas informações somadas a incessante busca por uma melhor experiência de navegação, e a disponibilização de funcionalidades que visam facilitar o dia a dia do cliente, fortalecem o ambiente de compra do ecommerce, gerando resultados fantásticos de experiência e conversão.

Continue a leitura, e entenda como esse projeto de migração do e-commerce da Loja da Ruiva para a plataforma VTEX, permitiu que toda a informação coletada em relação às experiencias do cliente com seu negócio foram implementadas e o resultados surpreendentes que foram gerados a partir do go-live, tornando-se um case para a Corebiz.

O Cenário

Desde 2014 até o ano de 2020 a operação da Loja da Ruiva havia alterado 2x sua plataforma de e-commerce. No entanto, em Janeiro após uma alteração de ERP, levantou-se a necessidade de alterar mais uma vez a plataforma de e-commerce, haja vista que até então a sua plataforma tinha uma estrutura bem limitada em relação á funcionalidades, e frequentemente apresentava instabilidades.

Foi decidido a troca pela VTEX… e dentro de todos os pontos considerados, os principais foram…

  • quantidade de funcionalidades promocionais disponíveis de formas nativas na plataforma;
  • serviço integral de serviços de segurança (SSL), CDN, servidores e backup – até então esses serviços eram gerenciados e pagos a parte na antiga plataofrma.
  • Multi-tenant, o que significa que todos os clientes do ecossistema VTEX compartilham de uma fonte única do código, gerando maior desempenho, escala e disponibilidade rápida de correções e inovações;
  • ELB e CDN (Elastic Load Balancers), pois proporcionam uma distribuição balanceada dos serviços, gerando uma alta disponibilidade (que até então era um ponto crítico da plataforma), desempenho e segurança;

Objetivos do projeto

  • Melhorar a navegação (mobile); 
  • Adaptar toda a estrutura de UX/ UI do site para a nova identidade de marca;
  • Fazer a aplicação de novas funcionalidades e promoções;
  • Operacional: Facilitar a gestão e criação de novos produtos (flexibilidade gerencial – sem a necessidade de conhecimento técnico profundo);

O Projeto

Assim, o projeto da Loja da Ruiva, foi estruturado em 4 pilares…

  • Customer Centric Design;
  • Automação gerencial;
  • Mobile first;
  • Integração integral do ecossistema digital da empresa (ERP, Ponto de Venda, Vendedores, Atendimento e Ecommerce), nesse tópico empresas parceiras estiveram presentes.

Customer Centric Design

Como se tratava de um projeto de migração de plataforma para a estrutura VTEX, utilizamos parcialmente o ambiente de produção para o levantamento de hipóteses, aplicação de idéias e testes A/B.

Conforme o resultado da saídas dos experimentos escalonávamos no escopo do projeto.

Automação Gerencial

O time da Loja da Ruiva, possui uma equipe operacional bem reduzida, e desde as primeiras reuniões ficou claro que eles precisariam de uma flexibilidade gerencial muito grande – se que o time técnico da agência fosse acionado.

Assim, o modelo adotado no projeto buscou superar essas necessidades. Consideramos rotinas de automações para ganho de escala, flexibilidade gerencial em processos manuais, aumentamos a quantidade de integração com o sistema de ERP para automatizar rotinas de cadastro de produtos, ativação e ficha técnica, além de aprofundar o processo de treinamento do módulo de Princing da VTEX.

Mobile First

Nosso ponto de partida e maior desafio em todo o projeto.

Condensar funcionalidade e estratégias, que eram efetivas, em um dispositivo móvel sem perder performance, realmente não foi um trabalho fácil.

Outro ponto muito importante que sustentava todo esse desafio é que grande parte do tráfego advém de campanhas de redes sociais, o que refletem em um cenário de mais de 80% de visitas através de dispositivos móveis.

Outras funcionalidades importantes!

Carregamento Progressivo;

Todas as requisições tem seus dados cacheados na sessão do usuário,
afim de diminuir a quantidade de chamadas via API e o consumo de dados.
Assim, a cada novo carregamento o site fica mais rápido,
chegando em casos de entregar a metade do tempo,
quando comparado ao primeiro acesso do usuário.

carregamento Plataforma Vtex
carregamento Plataforma Vtex

Lazy Load

O Lazy Load trata de carregar apenas o conteúdo necessário, ou seja,
no acesso do cliente, a página é carregada de forma fragmentada,
oferecendo assim uma percepção de velocidade elevada de
atendimento às solicitações.
Isso economiza a quantidade de requisições de arquivos solicitados no servidor.

requisição ao servidor plataforma Vtex
requisição ao servidor plataforma Vtex

Resultados

Aconteceram evoluções positivas em praticamente todas as áreas do negócio, de maneira mais expressiva em relação á performance.

Veja porque esse projeto se tornou um case de sucesso.

Houve um aumento circunstancial na receita, no entanto, o indicador que mais reflete o sucesso de todo o projeto fica a critério da taxa de conversão, que saltou mais de 90%, dentro do período de comparação.

comparação via Google Analytics entre os períodos de Set a Jan 21, com o mesmo período de 2019.

Houveram ganhos em relação à área de comportamento, no que tange a parte de velocidade de carregamento de página e resposta do servidor.

Mesmo com um crescimento no tempo de redirecionamento de servidor, houve a melhora de 43% no carregamento da página,

Apenas esses resultados já bastavam, mas entenda porque esse projeto se tornou também um caso de sucesso dentro de todo ecossistema VTEX.

Dentro da página inicial do administrativo VTEX, há alguns indicadores que comparam todas as plataformas do ecossistema VTEX (aproximadamente 5000 operações), em relação aos dados de sua operação.

Veja a comparação dos indicadores do projeto Loja da Ruiva,
em comparação a todas as operações VTEX.

Em relação ás métricas de carregamento a loja atingiu na primeira semana 6,7 segundos de carregamento médio de sua home, um indicador 100% melhor que a média de todas as lojas VTEX.

Ficamos muito feliz com os resultados e agradecemos a todo o time envolvido, a confiança da diretora de e-commerce e fundadora da Loja da Ruiva, Lilian Nunez.

Como dizemos aqui, é só o começo…

Sobre a Loja da Ruiva

A Loja da Ruiva nasceu, de um sonho de uma menina simples, sonhadora, que se dividia entre trabalho e loja online.

A menina ruiva sonhadora continua sonhando e fazendo… Após muitos anos como fotógrafa e booker de modelos criou coragem de viver da sua marca, E assim em setembro de 2014 seu primeiro site foi ao ar.

De lá para cá muita coisa mudou, a loja deixou de ser em casa, ganhou seu próprio espaço, uma equipe incrível, e milhares de clientes maravilhosas, e o melhor, conseguiram manter seu DNA, fomentando a melhoria continua em tecnologia e posicionamento de sua marca, estilo nas redes sociais.

estamos aqui para o que precisar!

Deixe seus dados com a gente que entraremos em contato.

Ao me cadastrar concordo em receber novidades sobre e-commerce, varejo e eventos relacionados à Corebiz