#Updates

Logistics Vtex – A importância e a flexibilidade desse módulo na Plataforma Vtex

Como em uma operação física, onde a empresa é formada por uma somatória de células de trabalho/ departamentos responsáveis pela gestão de compras, marketing, estoque, financeiro, logística, etc – a plataforma Vtex traz em sua área administrativa um layout bem próximo a essa estrutura, dividindo-se em módulos ou áreas de trabalho, categorizados próximos a estrutura subra citada ou em assuntos pertinentes a gestão do e-commerce.
São vários módulos que agrupam as evoluções constantes da plataforma, e que de acordo com o DNA Vtex, tendem a aumentar.
Aprofundarei um pouco mais sobre o módulo Logístico da plataforma conhecido como Logistics – esse módulo é muito utilizado no início do projeto na maioria das vezes pelo time da agência Vtex (Vtex Partner), que faz toda a configuração pertinente a expedição dos produtos, regras de cálculo de frete, divisão de cargas, cálculo de cubagem, definição de feriados, etc – o cliente acaba não se familiarizando muito com o módulo, e abstém de conhecer o potencial em relação às funcionalidades presentes e sua importância dentro da gestão do e-commerce e conversão da loja.
 

“O módulo Logistics atende a todo o controle e monitoramento de disponibilidade dos itens em estoque, além da estrutura para a entrega dos pedidos, que atende às diferentes necessidades de acordo com a lógica de entrega da loja.”

 
A base do módulo Logistics é estruturada pelo processo de Estoques + Docas + Transportadoras, essa é a linha condutora na expedição dos produtos (e a área que mais se trabalha dentro do módulo), conhecida como Dashboard.
Portanto, esse menu concentra toda a “espinha dorsal” da expedição de mercadorias, cálculo de fretes por regiões, prioridade de transportadoras, custos de estoques, docas e entregas.

  • Valores do Frete, utilizado para averiguação das informações pertinentes a entrega de uma região (CEP), através de uma transportadora específica, muito utilizado para analisar os custos de entrega por transportadora e realizar pequenas correções em faixas de entrega e valores.

 

  • Simulação de Frete, esse é um dos menus do Logistics que mais deveria ser utilizados pelos gestores de e-commerce, pois com ele é possível fazer um ensaio real do cálculo de frete da plataforma, entender a mecânica de cálculo apresentada para o cliente, averiguar possíveis erros no cadastro de produtos (peso e dimensões), e o atendimento de transportadoras/ região.

 

  • Gerenciar Itens em Estoque: Uma área totalmente amigável para gerenciar a quantidade disponível de itens por estoque. Importante ressaltar que para empresas que possuem integração parcial ou total de catálogo com sistema de ERP (enterprise resource planning), os itens de estoque serão gerenciados pelo sistema, e a alteração diretamente na plataforma pode impactar a fidelidade das informações.

 

  • Configurações Gerais: São diretrizes gerais que podem ser configuradas de acordo com as mais diversas especificidades do negócio, desde o agrupamento de cargas para envio à divisão de entregas de uma mesmo pedido. Uma função muito utilizada é o Percentual de Frete, que aumenta percentualmente o valor do frete de todas as transportadoras, uma forma prática e rápida para equalizar os valores de frete sem alterar as planilhas das transportadoras.

 

  • Feriados, ferramenta extremamente válida para empresas que prezam pelo bom atendimento na entrega de suas mercadorias e trabalham com total transparência para o cliente em relação ao cálculo do prazo de entrega – no menu feriados você poderá cadastrar as datas de feriados nacionais, regionais e até empresariais para que esse dia não seja considerado como dia útil no cálculo de entrega das mercadorias.

 

  • Menu Geolocalização, na minha opinião a função mais fantástica dentro do Logistics da Vtex, com a ferramenta geolocalização você consegue ser específico ao extremo na determinação da região de atendimento de cada transportadoras. Você conseguirá definir rua, ou área de atendimento, algo que ficaria inviável em fazer por faixa de CEP. Empresas que possuem operações omnichannel usufruem muito dessa funcionalidade, inclusive a cases de entregas via bicicletas em algumas operações que tem encantado clientes.

 
É notório a quantidade de funcionalidade e opções que cada operação pode utilizar dentro do ecossistema Vtex, basta o gestor de e-commerce trazer toda essa gama de possibilidades para o negócio, adaptá-las para sua realidade e ter uma logística eficiente (ao menos dentro da área tecnológica).

estamos aqui para o que precisar!

Deixe seus dados com a gente que entraremos em contato.

Ao me cadastrar concordo em receber novidades sobre e-commerce, varejo e eventos relacionados à Corebiz